Informação sobre a Proteção de Dados

 

As seguintes informações de proteção de dados dão uma visão geral sobre a forma como os seus dados são recolhidos e tratados.


Por meio das informações seguintes, pretendemos dar a conhecer a forma como, na GRENKE RENTING, S.A., procedemos ao tratamento dos seus dados pessoais e dos direitos que tem nos termos da legislação sobre proteção de dados. Os exatos dados que são objeto de tratamento e a forma como são utilizados dependerão essencialmente de quais os serviços que são solicitados e acordados.

 

1. Quem é o responsável pelo tratamento de dados e quem devo contactar sobre o tema?

 

São os seguintes os detalhes de contacto:

Grenke Renting, S.A

Avenida D. João II, nº 45 – 4º A

Telefone: +351 218 934 140

Fax: +351 218 934 160

 

Pode também entrar em contacto com o nosso Encarregado de Proteção de Dados em:

Grenke Renting, S.A

A/C do Encarregado de Proteção de Dados

Avenida D. João II, nº 45 – 4º A

Endereço de email: protecaodedadosanti spam bot@grenkeanti spam bot.pt  

 

2. Que fontes e dados usamos?

 

Nós procedemos ao tratamento de dados pessoais que recebemos dos nossos clientes por via do nosso relacionamento comercial. Nós também - se necessário para prestar o nosso serviço – tratamos dados pessoais que temos permissão de obter de fontes publicamente acessíveis (por exemplo, listas de devedores, registo predial, registo de empresas e associações, publicidade da Insolvência, imprensa, internet) ou que nos são remetidos pelos nossos parceiros de vendas ou terceiros (por exemplo, agências de crédito comercial) e por autoridades e organismos públicos, sempre a coberto de uma causa justificativa.

 

Os dados pessoais em causa são os seguintes:

  • Dados pessoais (nome, endereço, data e local de nascimento e nacionalidade)
  • Detalhes de contacto (telefone, endereço de e-mail)
  • Detalhes de identificação (por exemplo, números de identificação que resultem do cartão do cidadão ou outro)
  • Dados de autenticação (por exemplo, modelo de assinatura)
  • Detalhes do pedido (por exemplo, ordem de pagamento)
  • Dados recolhidos para cumprir as nossas obrigações contratuais (por exemplo, dados de vendas provenientes de transações de pagamento)
  • Informações sobre sua situação financeira (por exemplo, informações de crédito, dados de pontuação / classificação, origem dos ativos)
  • Dados de comunicação e vendas (incluindo scores), dados de documentação (por exemplo, tempos de consulta)


 e outros dados semelhantes às categorias acima referidas.

 

3. Porque é que procedemos ao tratamento dos seus dados (Fundamento do tratamento) e com que base legal?

 

Nós procedemos ao tratamento de dados pessoais de acordo com as disposições do Regulamento Geral de Proteção de Dados (RGDP).

 

a. Para cumprir obrigações contratuais (Artigo 6 1 b) do RGPD)

 

Os dados são tratados para prestar serviços ao nível da locação de bens e equipamentos aos nossos clientes ou para desenvolver ações pré-contratuais a seu pedido. A finalidade do tratamento de dados será orientada, em primeira linha, para o próprio produto (locação) e pode abranger a avaliação de necessidades, a consulta e a execução de transações comerciais. Para mais detalhes sobre as finalidades para as quais os dados são processados, consulte os documentos contratuais e termos e condições relevantes.

 

b. Para prosseguir interesses legítimos (Artigo 6 1 f) do RGPD)

 

Se necessário, não trataremos apenas os seus dados na perspetiva do cumprimento efetivo do contrato, mas também protegeremos os nossos próprios interesses legítimos e de terceiros, especialmente

 

Consulta e partilha de dados com agências de crédito (p.e. Informa D & B (Serviço de Gestão de Empresas) - Sociedade Unipessoal, Lda.) para determinar riscos de crédito e de incumprimento


Para efeitos de verificação de eventual risco de crédito ou de incumprimento e para nos defendermos de quaisquer atos fraudulentos, disponibilizamos à Informa D & B (Serviço de Gestão de Empresas) - Sociedade Unipessoal, Lda. os dados relativos ao pedido e ao proponente. Essa entidade disponibilizará os dados guardados sobre o titular, desde que tenhamos fornecido prova convincente de que o nosso interesse na obtenção da informação é legítimo.

A base legal para o envio destes dados é o Artigo 6 1 b), Artigo 6 1 f) do RGDP. O Artigo 6 (1 f) RGDP só pode ser usado como base para o envio de dados se for necessário para proteger os nossos interesses legítimos ou terceiros, não podendo tais interesses prevalecer sobre os interesses ou direitos básicos e liberdades fundamentais da pessoa afetada que careçam de proteção.

Para informação detalhada, conforme resulta do artigo 14.º do RGDP, sobre as atividades desenvolvidas pela agência de crédito, consulte a informação fornecida sobre a agência por via do seguinte link https://www.informadb.pt/idbweb/public/politicaPrivacidade.xhtml

 

Verificar e otimizar os procedimentos no apuramento de necessidades para fins de realização de vendas diretas

 

Publicidade ou estudos de mercado e de opinião, se não se tiver oposto os seus dados sejam usados

 

Apresentação de ações judiciais e defesa durante litígios

 

Garantir a segurança de IT e salvaguardar as operações de IT na nossa empresa

 

Prevenção e esclarecimento de atos com relevância criminal

 

Videovigilância para manter a segurança e para recolher evidências em caso de ataques e fraudes

 

Medidas de segurança de edifícios e instalações (por exemplo, controle de acesso)

 

Medidas para garantir a segurança interna

 

Medidas de gestão de negócios para desenvolver produtos e serviços

 

c. Com base no consentimento do titular dos dados (Artigo 6 1 a) do RGPD)

 

Se nos der o seu consentimento para tratamento de dados pessoais para determinados fins (por exemplo, transferência de dados dentro do Grupo, avaliação de dados de transações de pagamento para fins de marketing), será legítimo fazer esse tratamento com base no seu consentimento prévio. O consentimento pode ser retirado a qualquer momento. Pode também revogar consentimentos dados anteriormente à entrada em vigor do RGPD, ou seja, antes de 25 de Maio de 2018. Tal revogação e oposição não afetarão, no entanto, o tratamento efetuado antes da revogação ou oposição.

 

d. Com base em cumprimento de obrigações legais (Artigo 6 1 c) do RGPD) ou de interesse público (Artigo 6 1 e) do RGPD)


Além disso, somos obrigados a cumprir várias imposições legais (p.e., as disposições sobre branqueamento de capitais, leis fiscais). Os motivos para o tratamento de dados incluem fazer avaliação de solvabilidade, confirmar a identidade e a idade, evitar fraudes e branqueamento de capitais, atender aos pedidos de verificação e às notificações estabelecidas pela lei tributária e avaliar e gerir os riscos.

 

4. Quem receberá os dados?

 

Será dado acesso aos dados aos vários departamentos dentro da GRENKE que, para cumprimento das finalidades de tratamento, necessitem de ter acesso àqueles dados pessoais. Os prestadores de serviços e agentes também podem receber os dados para esses mesmos fins.

Estas empresas enquadram-se nas categorias de serviços de crédito, serviços de TI, logística, serviços de impressão, telecomunicações, cobrança de dívidas, assessoria e consultoria, além de vendas e marketing.


Só nos é permitido transmitir informações sobre o titular dos dados por imposição legal, se tiver havido consentimento. Potenciais destinatários de dados pessoais nestas condições são (por exemplo):

  • Órgãos públicos e instituições (por exemplo, autoridades fiscais, tribunais, agentes de execução), se houver uma obrigação legal ou estatutária que o imponha.
  • Prestadores de serviços de crédito, instituições financeiras ou similares para quem enviamos dados pessoais para manter o relacionamento comercial com o titular dos dados (por exemplo, bancos correspondentes, agências de crédito, dependendo do disposto no contrato).
  • Outras empresas do nosso Grupo que realizarem controlo de risco por exigência legal ou estatutária.

    Outros possíveis destinatários de dados serão outros escritórios, mas no pressuposto de ter havido consentimento prévio.

 

5. Os dados são transmitidos a um país terceiro ou a uma organização internacional?

 

A transmissão de dados a países terceiros (países fora da União Europeia e do espaço Económico Europeu) só ocorre:

  • caso tal seja necessário para a execução de obrigações contratuais,
  • por exigência legal ou  
  • após consentimento expresso e prévio para o efeito.

 

6. Como são tratados os meus dados no website?

 

Salvo indicação em contrário, tratamos os seus dados apenas no nosso site da seguinte forma para processar o seu pedido (Artigo 6 1 b) do RGPD) ou para salvaguarda de interesses legítimos (Artigo 6 1 f) RGPD):

 

a. Dados de uso

 

Sempre que acede a uma página ou um ficheiro, os dados genéricos são guardados automaticamente num ficheiro de log por meio desse procedimento. Os dados são guardados apenas para fins estatísticos ou relacionados com o sistema, ou como um indicador de ilícitos criminais em certos casos excecionais.
Usamos estes dados para melhorar os nossos sites e para apresentar conteúdo que reflita os seus interesses em várias páginas de websites e em vários dispositivos de acesso. Neste processo, nenhum dado de uso é combinado com dados personalizados. Se decidir enviar-nos os seus dados, esses dados terão um back-up durante o processo de entrada. O mesmo se aplica aos dados guardados no nosso sistema. Por motivos de segurança, guardaremos o seu endereço IP. Este pode ser recuperado se houver algum interesse legítimo nisso.
Nós não criamos um histórico do browser. Os dados não são encaminhados a terceiros ou avaliados de outra forma, a menos que haja uma obrigação legal que o imponha.
Mais especificamente, o seguinte conjunto de dados é armazenado em todas as solicitações de tratamento:

  • O dispositivo de acesso usado
  • O nome do ficheiro acedido
  • A data e a hora da solicitação
  • O fuso horário
  • A quantidade de dados transmitidos
  • Notificação que indica se o pedido foi bem sucedido
  • Descrição do tipo de browser usado
  • O sistema operacional usado
  • A página visitada antes
  • O fornecedor
  • O endereço IP do utilizador

 

b. Entre em contacto connosco/pedidos

 

Se entrar em contacto connosco (por exemplo, usando formulários de contacto), guardaremos seus dados para fins de processamento de sua solicitação e também no caso de necessidade de correspondência adicional. Todos os dados são excluídos após o processamento da sua solicitação. Isso não inclui dados para os quais existe imposição legal ou outra no sentido de os dados serem mantidos.

 

c. Registo

 

Nós usamos apenas os dados que nos são fornecidos durante o registo para que seja possível usar nosso website.

Nós recolhemos os seguintes dados durante o processo de registo:

  • Endereço de email
  • Nome de Utilizador
  • Palavra-passe

 

d. Newsletter

 

Dependente do seu consentimento (Artigo 6 1a) do RGPD), ficaremos satisfeitos em mantê-lo informado sobre os nossos recentes desenvolvimentos com a nossa newsletter.
Para enviarmos a newsletter, deve inserir o seu nome e endereço de e-mail e tem a opção de fornecer outras informações voluntariamente. Depois de enviar o seu endereço de e-mail, enviaremos um e-mail para o endereço de e-mail inserido, no qual deverá clicar no link de confirmação para confirmar o endereço de e-mail inserido.
Nós apenas armazenamos os seus dados com o objetivo de enviar a nossa newsletter. Também armazenamos o seu endereço IP e a data do seu registo como prova de seu registo na newsletter em caso de dúvida.
Pode cancelar a subscrição da newsletter a qualquer momento clicando no link "Cancelar subscrição" na parte inferior da newslette
r

 

e. Uso de cookies

 

Para tornar a visita aos nossos websites uma experiência apelativa e para possibilitar o uso de determinados recursos, usamos cookies em diferentes páginas. Cookies são pequenos arquivos de texto armazenados no seu dispositivo de acesso. Alguns dos cookies que usamos são excluídos novamente no final da sessão do browser, ou seja, depois de o utilizador fechar o browser (cookies de sessão). Outros cookies permanecem no seu dispositivo de acesso e permitem que nós ou nossas empresas parceiras reconheçam o seu browser novamente na próxima visita(cookies persistentes).

Os cookies não permitem aceder a outros arquivos do seu computador ou descobrir o seu endereço de e-mail.

A maioria dos browsers têm configurações para aceitar cookies automaticamente. Se as configurações padrão forem definidas para aceitar cookies no seu browser, todos os processos serão executados em segundo plano sem perceção para o utilizador. Pode alterar essas configurações, no entanto.
Pode configurar o seu browser para que seja informado quando os cookies forem definidos e para que possa tomar decisões individuais sobre aceitá-los ou, em geral, descartar cookies em certos casos.

Se restringir os cookies, algumas funcionalidade individuais do nosso website podem também ser restringidos.

If you restrict cookies, some individual features of our website may be restricted too.

 

f. Range analysis using Piwik

 

Temos um interesse legítimo (um interesse na análise, otimização e gestão de custos do nosso website na aceção do Artigo 6 1f) GDPR) no uso do Piwik, software de código aberto projetado para avaliar estatisticamente o acesso do utilizador.
O seu endereço IP é encurtado antes de ser guardado. O Piwik usa cookies que são guardados nos computadores dos utilizadores e possibilitam a análise do uso deste serviço online pelos utilizadores. Perfis de uso com pseudónimos podem ser criados para os utilizadores durante esse período. As informações geradas pelo cookie sobre o uso deste serviço online são armazenadas no nosso servidor e não são encaminhadas a terceiros.

 

Pode desativar esse processamento de dados da seguinte maneira:

 
 

g. Embedded YouTube videos

 

De acordo com nossos interesses legítimos, incorporamos vídeos do YouTube no nosso website; esses vídeos são armazenados em www.youtube.com e podem ser visualizados diretamente no nosso website.

Se visitar o website, o YouTube é notificado de que abriu a página relevante do nosso website. Além disso, os dados descritos na seção 6 a) são transmitidos. Isso acontece independentemente de ter ou não uma conta do YouTube em que fez o login. Se estiver conectado ao Google, os seus dados serão atribuídos diretamente à sua conta. Se não deseja que os dados sejam associados ao seu perfil do YouTube, faça logout antes de clicar no botão. O YouTube armazena os seus dados como um perfil de utilizador e utiliza-os para fins de marketing, pesquisa de mercado e / ou personalização do seu website. Em particular, os seus dados são avaliados desta forma (mesmo se não estiver efetuado login) para fornecer publicidade personalizada e notificar outros utilizadores da rede social da sua atividade no nosso website. Tem o direito de se opor à criação desses perfis de utilizador; Deve entrar em contato com o YouTube se desejar exercer esse direito.
Consulte a política de privacidade para mais informações sobre o objeto e a finalidade da recolha e do tratamento de dados pelo YouTube. A política de privacidade também contém mais informações sobre o seu direito de revogar o consentimento e sobre como configurar o seu browser para proteger a sua privacidade:
https://policies.google.com/privacy.

O Google também trata os seus dados pessoais nos EUA e submeteu-se ao Acordo em Matéria de Privacidade UE-EUA.

 

7. Por quanto tempo são os meus dados guardados?

 

Os dados são tratados e armazenados pelo tempo necessário para cumprir obrigações contratuais e legais. O relacionamento comercial entre a GRENKE e os titulares dos dados é de execução continuada.


A partir do momento em que os dados se tornem desnecessários para cumprir as obrigações contratuais ou legais, eles serão apagados ou eliminados periodicamente, a menos que seja necessário tratamento adicional temporário para os seguintes propósitos:


  • Cumprimento de um dever de preservar os dados imposto por lei ou outros regulamentos, designadamente ao nível do direito comercial e fiscal, do direito bancário, da Lei de Branqueamento de Capitais, do Código dos Valores Mobiliários. Estas disposições legais implicam a conservação dos dados por um prazo até 10 anos.
  • Direito a guardar provas de acordo com os períodos legais de prescrição que sejam aplicáveis. De acordo com os artigos 309º a 311º do Código Civil Português, estes prazos de prescrição podem atingir 20 anos, apesar de, por regra, não ultrapassarem os 3 anos.

 

8. Quais são os direitos dos titulares de dados pessoais em relação ao tratamento dos mesmos?


De acordo com o RGPD, o titular dos dados tem um conjunto de direitos seguidamente melhor detalhados que a GRENKE se obriga escrupulosamente a cumprir:

  • o direito à informação, nos termos definidos nos Artigos 13 e 14 do RGPD;
  • o direito de acesso, nos termos definidos no Artigo 15 do RGPD;
  • o direito à retificação dos seus dados, nos termos definidos no Artigo 16 do RGPD;
  • o direito ao apagamento, nos termos definidos no Artigo 17 do RGPD.
  • o direito à limitação do tratamento, nos termos definidos no Artigo 18 do RGPD.
  • o direito de oposição, nos termos definidos no Artigo 21 do RGPD.
  • o direito de portabilidade dos dados, nos termos definidos no Artigo 20 do RGPD.
  • o direito a apresentar reclamação à autoridade de controlo, nos termos definidos no Artigo 77 do RGPD


O consentimento pode ser retirado a qualquer momento. Pode também revogar consentimentos dados anteriormente à entrada em vigor do RGPD, ou seja, antes de 25 de Maio de 2018. Tal revogação e oposição não afetarão, no entanto, o tratamento efetuado antes da revogação ou oposição.

 

9. Tem o titular dos dados obrigação de fornecer dados pessoais?

 

O titular dos dados deve fornecer os dados pessoais necessários para que se possa estabelecer e manter um relacionamento comercial e para cumprimento das obrigações contratuais necessárias, ou sempre que a lei exija que se faça a recolha de tais dados. No caso de os dados não serem fornecidos pelo respetivo titular, não será exigível que a GRENKE venha a celebrar o contrato ou que o mantenha ou que execute a ordem dada, podendo no limite motivar a resolução contratual por parte da GRENKE.

 

10. Em que medida serão as tomadas de decisão automatizadas?

 

Para estabelecer e manter o relacionamento comercial, não usamos tomadas de decisão totalmente automatizadas, de acordo com o Artigo 22 do RGDP. Nos casos em que usarmos este procedimento em situações individuais, sendo exigido por lei, forneceremos informações em separado.

 

11. Estabelecemos perfis?

 

Nós automatizamos o tratamento dos seus dados nalguns casos com o propósito de avaliar certos aspetos sobre o titular dos dados (perfis). Usamos o perfil nos seguintes casos (por exemplo):

  • Devido a exigências legais e regulamentares, somos obrigados a combater o branqueamento de capitais, o financiamento do terrorismo e atos criminosos que  coloquem os nossos ativos em risco. A avaliação de dados (inclusive durante as transações de pagamento) também é realizada. Estas medidas também foram postas em prática para sua proteção.
  • Usamos ferramentas de avaliação para fornecer informações e conselhos direcionados sobre os produtos. Estes tornam possível comunicar e anunciar (incluindo pesquisa de mercado e opinião) de uma forma que atenda às suas necessidades.
  • Usamos pontuações quando avaliamos a sua solvabilidade. Esse processo calcula a probabilidade de um cliente cumprir suas obrigações de pagamento de acordo com o contrato. Esse cálculo levará em conta a capacidade de ganho, despesas, passivos existentes, emprego, empregador, tempo de serviço, experiência de relações comerciais anteriores, bem como informações de agências de crédito, por exemplo. A pontuação é baseada num procedimento estatístico matemático acreditado que foi experimentado e testado. Os valores de pontuação calculados ajudam-nos a tomar decisões sobre a prestação de serviços e são levados em consideração nos procedimentos rotineiros de gestão de risco 
 

Informação sobre o direito de oposição nos termos do Artigo 21 do RGPD

 

1. Direito de Oposição em casos individuais

 

O titular dos dados tem o direito, a qualquer momento, de recusar qualquer tratamento dos seus dados pessoais com base no Artigo 6 1 e) do RGPD (tratamento de dados no interesse público) e no Artigo 6 1 f) do RGPD (tratamento de dados para prosseguir interesses legítimos), por razões relacionadas com a sua situação particular; isto também se aplica na aceção do Artigo 4, 4, do RGPD.

Se houver oposição, não mais procederemos ao tratamento dos seus dados pessoais, a menos que possamos demonstrar que existem razões legítimas e convincentes na continuidade do tratamento que prevalecem sobre os seus interesses, direitos e liberdades, ou o propósito do processamento é apresentar, exercer ou defender ações legais.

 

2. Direito de oposição ao tratamento de dados para fins de publicidade direta

 

Em casos individualizados, tratamentos os seus dados pessoais para fins de publicidade direta. Tem o direito de optar por não ter seus dados pessoais tratados para fins de publicidade a qualquer momento; isso também se aplica à criação de perfis, se isso estiver relacionado com publicidade direta.


Se optar por não ter seus dados tratados para fins de publicidade direta, não mais procederemos ao tratamento dos seus dados pessoais para essa finalidade.

O direito de oposição pode ser exercido por qualquer forma, mas deve a comunicação deve ser enviada para o seguinte endereço sempre que possível:

 

Grenke Renting, S.A:

A/C do Encarregado de Protecção de Dados

Avenida D. João II, nº 45 – 4º A

1990-084 - Lisboa

Endereço de email: protecaodedadosanti spam bot@grenkeanti spam bot.pt